29 April 2015

Canelés de Bordeaux and Paris.


Finally The post!
A long post and a way to remember the beautiful moments I spent in paris last month.
As I wrote here, I went to Paris with my sister and niece. It was my second time in the City of Light and I loved it even more than the first time.
Paris is indeed an incredible beautiful City and we had a fabulous time.
At the end of this post there's some images of the touristic and cultural places we've been, the places for foodies that we visited and some of the amazing food we had. The photos are not the best as most of them were taken with the iphone but they are ok just for you to have an idea of what we did.
The weather was not great and there was a lot of pollution in the air but we enjoyed ourselves very much and we had lots of fun.
Saying that and like I also wrote here, I had my first Canelé Bordelais at Les Halles but to be honest, I didn't like it very much. It was too dry and tasteless.
As we visited E. Dehillerin, a shop that I also visited the first time I went to paris and the one that is famous because it was the shop where Julia Child was buying her gadgets and kitchen ware while she was living in Paris (there's a very old picture of Julia Child hanging on one of the walls of the shop), I bought the tins to make the famous Canelées, as I was determined to find out if they are amazing or just tasteless like the one I tried.
The recipe I used is from Mimi Thorisson cook book and it's a recipe that has already been tested and approved here at Marmita's blog and I can reassure that they are absolutely divine and delicious and nothing like the one I tried in Paris.
A recipe that, here at home, will be repeated more often for sure!
ingredients (makes 16):
500ml whole milk
1 vanilla bean, split lengthwise, seeds scraped and reserved
200g granulated sugar
120g plain flour, sifted
3 large egg yolks, at room temperature
30g unsalted butter, melted
60ml dark rum



method:
In a saucepan, whisk together the milk and vanilla seeds.
Bring to a boil, then remove from the heat and set aside for 5 minutes.
Transfer to a bowl.
Whisk in the sugar and flour. Add the egg yolks one by one, whisking gently to mix.
Stir in the butter and finally add the rum. Whisk until smooth.
Cover and refrigerate for 24 hours.
Preheat the oven to 230ºC.
Fill 16 canelé moulds 2/3 full and bake for exactly 5 minutes. Lower the oven temperature to 180ºC and bake for an additional 50 minutes, or until the canelés are dark brown.
Let the canelés cool in the moulds for 5 minutes, then unmold them on a wire rack.
The canelés will keep for several days in a sealed container at room temperature.
__________________


Finalmente "O" post!
Um post mais longo que de costume mas que serve também para mim e para registar e relembrar os bons momentos que passei em Paris no mês passado.
Tal como escrevi aqui, no mês passado fui passar uns dias a Paris com a minha irmã e sobrinha.
Foi a minha segunda visita á Cidade da luz e posso assegurar-vos que gostei ainda mais de visitar esta cidade do que da primeira vez. Espero que haja uma terceira vez, pois ainda muito ficou por descobrir.
Podem ver a seguir alguns registos fotográficos de momentos, monumentos históricos e culturais visitados, locais obrigatórios a visitar para foodies e comidinhas e petiscos que provámos e comemos. As fotos não são as melhores, mas dá para ter uma ideia do bom que foi.
O tempo não estava lá grande coisa e havia muita poluição no ar, o que aliás, podem constatar pelo cinza constante do céu e pelo "nevoeiro" de algumas fotos, mas não foi impeditivo para que nos divertíssemos e tirássemos o melhor partido da viagem.
Como escrevi também neste post, provei o meu primeiro Canelé Bordelais no mercado Les Halles mas para vos ser sincera, não gostei nada, pois estava muito seco e não tinha sabor nenhum.
Ora, como já o tinha feito na minha primeira viagem a Paris e desta vez repeti, fiz compras na  E. Dehillerin, a loja parisiense de gadgets de cozinha que tem de tudo e mais alguma coisa para quem gosta da arte de cozinhar e que é famosa pois era a loja onde a Julia Child comprava os seus gadgets enquanto viveu em Paris. Uma foto muito velhinha e quase descolorada da Julia Child, faz parte da decoração de uma das paredes da loja que, por si só, é também uma loja à antiga e nada de computadores ou tecnologia.
Tudo o que ali é comprado, tem de ser procurado por códigos que estão escritos em grandes listas na loja e os produtos têm o código à frente, ou seja, temos de ir consultar a enorme lista de códigos, a fim de descobrir o preço dos produtos que queremos e diga-se de passagem, que não são nada baratos. Depois há que pedir os produtos a alguém da loja, que os vai buscar e os entrega ao Senhor da caixa, a quem se paga e depois têm de ser levantados num balãozinho ao lado, onde já foram embrulhados e nos são entregues, mediante a apresentação do comprovativo de pagamento. Um sistema lento e longo, mas que é o adoptado.
Esta conversa toda para dizer que nesta fantástica loja, comprei as famosas formas para os Canelés de Bordéus.
Há tempos que os queria fazer, mas cá não encontrava as formas e então a compra delas, foi uma das prioridades em Paris.
A receita que utilizei é da Mimi Thorisson.
Uma receita que já foi testada, aprovada e repetida aqui, na cozinha da Marmita e que posso agora reforçar o quão maravilhosos e deliciosos são e não têm nada, mas mesmo nada a ver com aquela coisa horrorosa e seca que comi em Paris.
Já sabem, se quiserem experimentar a receita, visitem este post da Marmita, pois é a mesma exactamente e está lá tudo muito bem explicadinho.

Recipe / Receita:



PARIS